Brasil

Flávio Bolsonaro chama Moro de ‘traidor’ e Lula de ‘ladrão de 9 dedos’

Foto: Fabio Rodrigues/Agência Brasil

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho “zero um” do presidente Jair Bolsonaro (PL), chamou, nesta terça-feira (30), sem citar os nomes, o ex-ministro Sergio Moro (Podemos) de “traidor” e citou “ex-presidiário” e “ladrão de nove dedos”, em referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os dois são potenciais adversários de Bolsonaro nas eleições de 2022.

“Juntos vamos vencer o vírus [a Covid-19], vamos vencer qualquer traidor e qualquer ladrão de nove dedos pelo bem do nosso Brasil”, declarou o senador, que se filiou ao PL, o terceiro partido neste ano, nesta terça-feira.

Flávio citou um ditado que diz “a política pode até perdoar a traição, mas não perdoa o traidor” e na sequência listou o que seriam supostas atitudes de Moro.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta