Foragido que se passava por irmão morto para cometer crimes em Manaus é recapturado

Respondendo por crimes como roubo majorado e furto, o homem fugiu da cadeia e começou a usar a identidade do irmão morto em 2012 para tentar escapar da Justiça- foto: divulgação/SSP-AM

Foragido há dois anos do regime semiaberto, o presidiário Eduardo Paixão Oliveira da Rocha, 26 anos, foi recapturado na manhã desta quinta-feira (5), após denúncia realizada no WhatsApp da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), (92) 99345-2848, na rua Romanos, localizada no Novo Israel, Zona Norte de Manaus.

Respondendo por crimes como roubo majorado e furto, o homem fugiu da cadeia e começou a usar a identidade do irmão morto em 2012 para tentar escapar da Justiça. Em duas ocasiões em que foi detido pela polícia, Eduardo deu o nome falso.

Em março deste ano, uma vítima, que teve a carteira, celular e outros pertences roubados por ele, foi ao 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no Novo Israel, para revelar que o assaltante estava se passando pelo irmão falecido.

Foragido

Eduardo começou a cumprir pena de cinco anos e quatro meses por roubo em novembro de 2015. Desde abril de 2016, ele estava foragido do regime semiaberto. Em pelo menos duas ocasiões, a polícia acredita que ele praticou roubos e, preso, usou a identidade do irmão Ederson Joaquim Oliveira da Rocha, que, segundo a família, não tinha envolvimento com o crime.

“Ele responde por roubo majorado, furto, dano qualificado, receptação, além de falsidade ideológica”, disse o secretário executivo da Seaop, tenente-coronel da Polícia Militar, Klinger Paiva.

Após a recaptura, Eduardo Paixão foi encaminhado a Central de Recebimento e Triagem (CRT), localizada no km 8 da BR-174, que é a porta de entrada para internos do sistema prisional. Ele será submetido a todos os procedimentos de triagem e cadastro no sistema, onde irão ser incluídas as infrações pelo tempo em que esteve foragido do regime semiaberto.

Com informações da assessoria