Cidades Destaques

FPS vai apoiar reformas e renovação de equipamentos de maternidades de Manaus

Em 2016, foram realizados no Amazonas 75.025 partos- foto: divulgação/Assessoria
Redação
Postado por Redação

O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), do Governo do Amazonas, está repassando verbas para reformas na área de infraestrutura e renovação de equipamentos nas maternidades Azilda Marreiro, Ana Braga e Balbina Mestrinho. Com os recursos, autorizados pelo governador David Almeida, será possível melhorar as condições de atendimento e avançar na tecnologia de tratamento aos recém-nascidos.

Na Maternidade Ana Braga, os investimentos do FPS vão permitir implantar nova tecnologia para o tratamento de bebês com icterícia, doença no sangue que ocasiona amarelamento da pele do recém-nascido e que pode levar à morte. Com a máquina chamada Bilitron ou Biliberço, o tratamento de fototerapia que levava semanas poderá ser concluído em poucos dias. Segundo o diretor administrativo-financeiro da unidade, Cacildo Júnior, também haverá renovação em alguns acessórios como incubadoras e ventiladores pulmonares

Recursos para os projetos das maternidades foram definidos em reunião com a presidente do FPS, Socorro Siqueira, que convocou diretores de hospitais e unidades de saúde do Estado para apresentar propostas. “Esses investimentos vão representar um salto de qualidade no nível do serviço prestado à população. Além das maternidades, o Fundo está apoiando projetos de diversas unidades de saúde, enfrentando alguns gargalos, ajudando a oferecer tratamentos mais modernos”.

A maternidade Balbina Mestrinho, na zona sul da cidade, vai revitalizar as centrais de refrigeração que atendem o complexo cirúrgico, alojamentos, pré-parto, UTI neonatal, UCI neonatal, conforto médico e a central de esterilização de materiais. Panes recentes em compressores danificaram parte do sistema. “Estamos com uma dificuldade muito grande na questão da refrigeração por conta de panes nos compressores. Agora, as cinco centrais serão recuperadas e, com isso, haverá mais conforto e melhor ambiência”, ressaltou o diretor da unidade, Marco Lourenço.

Uma reforma na maternidade Azilda Marreiro, na zona norte, vai recuperar todos os 28 banheiros da unidade. As obras incluem a recuperação dos sistemas hidráulico e elétrico e de toda a infraestrutura predial dos banheiros. Segundo a diretora Semira Torres, a restauração dos banheiros é uma necessidade antiga. “Essa reforma aumenta a segurança contra infecção hospitalar e oferece maior conforto aos nossos pacientes”, defendeu.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários


Deixe um comentário