Funasa investe R$ 16 milhões para levar água tratada ao interior do Amazonas

foto: divulgação
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

A fundação Nacional de Saúde (Funasa) realizou na tarde desta segunda-feira (29), a entrega das Licenças de Instalação (LI) necessárias para início das obras de sistema de abastecimento de água nos municípios de Anamã, Alvarães, Maraã e Anori. Ao todo, serão investidos mais de R$ 16 milhões para atender mais de dez mil pessoas no interior.

Além dos prefeitos de cada município e do superintendente da Funasa no estado, Wenderson Monteiro, participaram do ato o diretor-presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Juliano Valente, e o deputado federal Silas Câmara, um dos principais responsáveis pela liberação dos recursos junto ao Governo federal.

Dos mais de R$ 16 milhões, R$ 3,92 milhões serão destinados para o município de Anamã, R$ 3,9 milhões para Alvarães, R$ 2,1 milhões para Maraã e Anori receberá R$ 6,2 milhões, este último tendo cerca de 30% da população do município beneficiada, pelo menos 5,5 mil pessoas.

De acordo com o superintendente da Funasa, os projetos que receberam as (LI) e cumpriram as demais exigências técnicas já estão liberados para iniciar as obras. “Anunciar a liberação para início de obra do Sistema de Abastecimento de Água para esses municípios é algo gratificante para todos os técnicos da Funasa, pois nós sabemos dos esforços que foram empenhados por todos para chegarmos até aqui”, concluiu Wenderson Monteiro.

O superintendente ainda disse que o maior desafio de Funasa é viabilizar as prefeituras e os governos estaduais a elaborar projetos que possibilitem mais recebimento de investimentos federais.

Apoio

O deputado Federal Silas Câmara ressaltou a importância da Funasa no estado do Amazonas e elogiou o corpo técnico da instituição que mesmo com o quadro reduzido vem se reinventando diariamente para cumprir a missão institucional do órgão. “Nosso compromisso é com toda a população do Amazonas que sonha com água de qualidade em suas casas. Em um estado de proporções continentais e com tantos problemas de logística, a Funasa tem empenhado esforços para garantir água tratada nas comunidades mais afastadas”, argumentou.

O diretor-presidente do Ipaam falou sobre o empenho do órgão do Governo do Amazonas para a aprovação dos projetos. “Sistema de abastecimento é saúde e, por isso, mesmo em tempos de pandemia demos prioridade para esses licenciamentos, que são uma das etapas obrigatórias para que essas obras sejam iniciadas”, explicou Juliano Valente.

Municípios

O prefeito de Alvarães, Rubens Barbosa, falou que a falta água potável é um dos maiores problemas enfrentados pelos municípios. “Já vamos para o nosso quarto convênio com a Funasa e estamos muito felizes por essa parceria que tem levado saneamento e melhoria para nossas cidades”, afirmou.

Para o prefeito de Anamã, Francisco Bastos, conhecido como Chico do Belo, o início das obras será uma realização para a população. “Este foi um projeto de muitos anos. Vivemos em um dos municípios com o pior abastecimento de água do Amazonas, mas com a ajuda do deputado Silas e da Funasa estamos mudando essa realidade”, disse.

Com informações da assessoria