Funcionários do FCecon são presos suspeitos de desviar R$ 1,1 milhão em medicamentos

Foto: Laís Pompeu/Fcecon

Na manhã desta quinta-feira (4), a polícia civil deflagrou a primeira fase de operação que investiga desvios de medicamentos da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon).

Dois servidores da unidade hospitalar, que trabalham no setor de Almoxarifado, e uma ex-funcionaria do hospital, foram presos temporariamente suspeitos de integrar o esquema criminoso.

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da DERFD, os desvios estão estimados em R$ 1,1 milhão em remédios destinados ao tratamento de pessoas com câncer.

Mais informações serão repassadas ainda hoje em coletiva de imprensa da PC