Saúde

FVS publica Nota Informativa com orientações para a vacinação de pessoas sem comorbidades

Foto: Valdo Leão / Semcom

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) publicou nesta quinta-feira (3) Nota Informativa estabelecendo orientações para o uso das vacinas pertencentes ao 22º lote enviado pelo Ministério da Saúde (MS) ao Governo do Amazonas nesta semana. Segundo o informe, as doses deverão contemplar todos os grupos prioritários previstos no Plano Nacional de Imunização (PNI) e atender parte do público abaixo de 60 anos sem comorbidade.

Assinada pelo diretor-presidente da FVS, Cristiano Fernandes, a Nota Informativa tem como objetivo atualizar as orientações técnicas relativas à continuação da Campanha Estadual de Vacinação contra a Covid-19, considerando o 20º Informe Técnico, conforme disponibilidade de doses destinadas ao estado.

“O estado do Amazonas está recebendo 108.360 doses de vacinas contra a Covid, isso vai nos permitir contemplar os 28 grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização e iniciar a vacinação das pessoas sem comorbidade na faixa etária de 18 a 59 anos de forma escalonada”, explica a chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica da FVS, Adriana Elias.

A Nota Informativa nº 37/2021/FVS-AM determina que se deve utilizar as doses da vacina AstraZeneca para assegurar a primeira dose (D1) de funcionários do sistema prisional; população privada de liberdade; caminhoneiros; trabalhadores da indústria; trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros; povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas; trabalhadores da área de assistência social; e pessoas na faixa etária de 55 a 59 anos sem comorbidades.

O documento também orienta quanto à aplicação das doses da vacina Pfizer, que contemplará pessoas na faixa etária de 55 a 59 anos sem comorbidades; trabalhadores da limpeza urbana e resíduos sólidos; trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário e responsáveis/cuidadores de crianças e adolescentes com deficiência permanente. A nota ainda traz especificações de cada imunizante, orientações sobre o registro de informações no sistema e o planejamento da distribuição das doses para cada município.