Foto: Divulgação
A Operação Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) realiza, nesta terça-feira (18), às 9h, Ação de Prevenção contra dengue, zika e chikugunya, no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo de Manaus. A atividade faz parte do planejamento da saúde para a preparação para o Carnaval de Manaus 2020, que acontece neste fim de semana.

Além disso, a FVS-AM convida a população para o Bloco da Saúde: Xô Mosquito, que deve reunir 1.500 pessoas na pista do Sambódromo de Manaus, no sábado (22/02). O bloco tem como tema o combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor das doenças dengue, zika e chikugunya, além da importância para a doação de sangue e medidas protetivas para prevenção de tuberculose.

Neste ano, outros parceiros farão parte do bloco, como Departamento de Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Secretaria de Estado da Educação e Desporto, e Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz).

Boletim Epidemiológico do Aedes aegypti – Em janeiro de 2020, foram notificados 1.682 casos de dengue no estado. No ano passado, no mesmo período, foram 483. Já a zika teve 7 casos notificados em janeiro de 2020 e 6 casos em 2019. A chikugunya teve 13 casos notificados no primeiro mês desse ano, contra 20 notificações em janeiro do ano passado.

Campanha – O Governo do Amazonas acaba de lançar uma campanha publicitária de orientação para a população sobre prevenção às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Prevenção, alerta aos sintomas das doenças e orientação à população sobre onde buscar assistência são o foco da campanha, desenvolvida com orientações da FVS-AM.

Rotina semanal – Uma das dicas para prevenir os focos do mosquito é não deixar acumular água parada em casa e fazer a limpeza dos recipientes pelo menos uma vez a cada semana, com água e sabão, esfregando bem para a remoção de possíveis ovos. A FVS recomenda o cuidado redobrado com o lixo doméstico e recipientes plásticos que, quando inadequadamente descartados, acumulam água e se tornam criadouros do Aedes aegypti.

O mesmo cuidado deve ser estendido a caixas d’água, galões e tonéis, que devem estar sempre vedados. Deve-se ainda cuidar das piscinas com produtos químicos, limpar diariamente os recipientes de água dos animais e não deixar acumular água em pneus.

Caso apresente sintomas como dores nas articulações, febre e manchas vermelhas, a pessoa deve procurar o serviço de saúde mais próximo de casa.

(*) Com informações da FVS.