Gata inunda casa enquanto os donos dormiam

Casa ficou inundada após a gata Eve abrir a torneira
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Uma gatinha travessa causou um prejuízo de US$ 40 mil (quase R$ 148 mil) depois de abrir a torneira de uma das pias e inundar a casa dos donos em Adelaide, na Austrália Meridional.

Os proprietários do animal, Amber, 22 anos, e Joe Fauser, 25, contaram ao Daily Mail que estavam dormindo no momento do incidente e acreditam que Eve, de um ano de idade, fazia o mesmo na lavanderia, no andar de baixo. “Meu marido e eu fomos para a cama por volta das 22h e colocamos Eve na lavanderia para dormir, como sempre fizemos”, contou a jovem estudante.

Joe, que é guarda de segurança, acordou por volta das 6h para trabalhar e, quando desceu as escadas, percebeu que todo o piso estava inundado.

Ele foi imediatamente ver onde o vazamento havia começado e se o animal estava na lavanderia. Joe encontrou Eve sobre a máquina de lavar, olhando para o chão, enquanto a torneira da lavanderia jorrava água com força.

Desesperados para consertar os danos causados ​, o casal tirou o dia de folga do trabalho e contratou uma equipe de serviços de emergências contra inundações para secar o imóvel. As oitos horas de inundação deixaram um grande prejuízo.

Casa ficou inundada após a gata Eve abrir a torneira

“A equipe que restaurou nossa casa disse que havia entre US$ 30 e US$ 40 mil em danos”, contou Amber, ao relatar que precisaram custear a secagem da casa, substituição de carpetes e de todo o piso de madeira, além das contas de eletricidade, que dispararam por terem que manter secadores e umidificadores funcionando, ininterruptamente, por sete dias.

“Nós nos mudamos para nossa nova casa tem apenas três meses”, lamentou a estudante.

Para garantir que Eve não apronte de novo, eles instalaram grades de segurança, geralmente usadas para crianças, e não deixam Eve entrar na lavanderia. “Compramos para ela um recinto ao ar livre com acesso à garagem e só a deixamos vagar pela casa quando alguém está acordado”, relatou.

Fonte: Metrópoles


Deixe um comentário