Economia

Governo aprova implantação de escritórios e de unidade fluvial do Ipem para atender o interior

Serão implantados dez escritórios regionais no interior do estado e uma Unidade Básica Fluvial de Fiscalização para aumentar a cobertura das ações realizadas pelo Ipem-AM- foto: divulgação/Ipem
Redação
Postado por Redação

O Governo do Amazonas, por meio do Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM), obteve junto ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), aprovação para a implantação de dez escritórios regionais e uma Unidade Básica Fluvial de Fiscalização (UBFF), que atuarão em conjunto para realizar uma maior cobertura ao interior do estado nas atividades realizadas pelo instituto.

A notícia da aprovação ocorreu após uma em Brasília (DF), entre o diretor-presidente do Ipem, Márcio André Brito, e representantes dos dois órgãos.

As regiões e suas respectivas sedes que receberão os escritórios regionais são: a Região do Alto Solimões, com sede em Tabatinga; a Região do Purus (Parte de Lábrea) com, sede em Lábrea; Região do Purus (Parte Boca do Acre) com sede em Boca do Acre; Região do Juruá, com sede em Eirunepé; Região do Madeira, com sede em Humaitá; Região do Alto Rio Negro, com sede em São Gabriel da Cachoeira; Região Metropolitana (parte do Rio Negro e Rio Purus), com sede em Manacapuru; Região Metropolitana (parte do Rio Amazonas), com sede em Itacoatiara; Região do Baixo Amazonas, com sede em Coari.

A implantação dos escritórios e da Base Fluvial tem o objetivo de promover o desenvolvimento econômico no interior do Amazonas, a concorrência justa, a certificação de produtos, bem como auxiliar no processo das barreiras técnicas para a exportação de produtos fabricados no interior do estado, além do controle de medição dos instrumentos de pesar e medir nas áreas de saúde, segurança e meio ambiente.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários

Deixe um comentário