Governo do AM e Embaixada do Canadá discutem futuros acordos de cooperação

O Governo do Amazonas recebeu, nesta quarta-feira (11), uma visita de cortesia de representantes da Embaixada do Canadá, com o intuito de fortalecer o diálogo para futuros acordos bilaterais entre os países.

Durante a reunião foram discutidos assuntos relativos a questões indígenas, saúde pública, meio ambiente e projetos técnico-científicos e de desenvolvimento econômico para a região. Nesse primeiro contato foi possível apresentar os segmentos para que os representantes da embaixada pudessem conhecer a realidade local e discutir possibilidades de cooperação.

A reunião ocorreu na sede da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), Centro, com a presença do secretário de Estado de Infraestrutura de Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), Carlos Henrique Lima, representando o governador do Amazonas, Wilson Lima; do secretário executivo da Seinfra, Marcellus Campêlo; e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Jório Veiga; além de representantes das secretarias de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e do Meio Ambiente (Sema).

Para o ministro-conselheiro e chefe da seção política da Embaixada do Canadá, Juan-Pablo Valdes, o encontro norteou os temas em comum entre os dois países, em específico na Amazônia, para que se possa estabelecer as relações nas áreas comercial e social.

“Temos áreas em comum entre o Canadá e o Brasil, sobretudo com o Amazonas, e para nós foi importante essa conversa porque envolveu assuntos que são importantes como o meio ambiente, economia, indígenas, migração dos cidadãos venezuelanos. Vamos dar prosseguimento neste diálogo para analisarmos quais as áreas mais prioritárias e específicas que deverão ser definidas para os acordos”, destacou.

Representando o governador Wilson Lima, o titular da Seinfra, Carlos Henrique Lima, fez um panorama dos segmentos socioeconômicos do Amazonas para os representantes da embaixada. “Foi uma reunião muito positiva, em que abordamos os cenários prioritários do Amazonas para que, futuramente, gere boas oportunidades de desenvolvimento social e econômico para o Amazonas”.

Com informações da assessoria