Governo estuda melhorias na frequência de voos regionais

map linhas aéreas
Os interessados devem enviar o currículo para o email da MAP até esta sexta-feira (7).

Implementar incentivos operacionais para novas rotas na aviação regional. Este foi o objetivo da reunião entre o Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), com o presidente da MAP Linhas Aéreas, Marcos Pacheco e o vice-presidente, Marcos Fernandes Pacheco.

De acordo com o presidente da Amazonastur, Orsine Junior, as empresas estão realizando estudos de frequência de voos para gerar mais voos e mais assentos, o que consequentemente pode reduzir o preço das passagens aéreas.

“O governador Amazonino Mendes está empenhado em melhorar a malha viária do estado e os voos regionais são uma prioridade nesse processo para desenvolver o turismo no interior”, declarou Orsine.

O trabalho inicialmente prevê o incremento de pelo menos um voo a mais por semana em cada localidade, que são Eirunepé (três voos), Lábrea (dois), Carauari (três), Coari (dois a três) e São Gabriel da Cachoeira (três).

O vice-presidente da MAP, Marcos Fernandes Pacheco, ressalta que esse incremento corresponde a um aumento de aproximadamente 35% na oferta de assentos, com mais voos, diminuição do custo fixo das bases e consequente reflexo no preço das passagens.

Convênio ICMS

Outra pauta do encontro foi o incentivo do Convênio ICMS nº 188, de 04/12/2017, que dispõe sobre os benefícios do ICMS nas operações e prestações relacionadas à construção, instalação e operação de Centro Internacional de Conexões de Voos – Hub e aquisição de QAV, onde a MAP deve ser inserida.

Com informações da assessoria