Governo lança canal para trabalhador contestar auxílio emergencial negado

Foto: Barbara Batista

Após mais de um mês do término do prazo para se cadastrar no auxílio emergencial de R$ 600, o governo federal lançou uma nova plataforma para contestar o benefício negado. A solicitação agora pode ser feita no site da Dataprev.

Até então, era possível reclamar o benefício negado de duas maneiras: pelo site ou aplicativo da Caixa Econômica Federal ou via Defensoria Pública da União (DPU). Neste segundo caso, o atendimento ocorre de forma remota e é possível enviar documentos.

O novo canal da Dataprev, lançado nessa terça-feira (4/8), é voltado, principalmente, para os casos em que o indeferimento se dá em virtude de alteração da situação da pessoa com a atualização da base de dados cadastrais, por exemplo:

  • Cidadãos que eram menores de idade e que completaram 18 anos;
  • Cidadãos que foram servidores públicos ou militares e não tenham mais o referido vínculo;
  • Cidadãos que perderam o emprego e não têm direito a seguro-desemprego ou não recebem o BEm.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.