Governo libera lojas e shoppings com horário reduzido e outras medidas; veja

Foto: Diego Peres

O Governo do Amazonas acaba de atualizar um novo decreto com as medidas de restrições contra o Coronavírus, nesta sexta-feira (19). Entre as principais medidas, continua a restrição de circulação de pessoas das 19h da noite até as 6h, e também a liberação de lojas e de shoppings em horários reduzidos. O novo decreto entra em vigor na próxima segunda (22) e vale até o outro domingo (28).

Uma nova data para o Enem no Amazonas também foi divulgada. Confira nesta matéria AM: Governo decreta ponto facultativo e feriado escolar nos dias 23 e 24 para realização do Enem (manausalerta.com.br).

O funcionamento das lojas em geral está permitido das 9h às 15 horas de segunda a sábado, apenas. Domingo está proibido funcionamento das lojas, que devem operar apenas por delivery, que continua funcionando de 8h às 17 horas e drive thru de 8h às 16 horas, indo de acordo com o plano apresentado pelas associações comerciais. Os supermercados mantém o horário de funcionamento normal que já estava operando desde o decreto anterior.

A partir de segunda também está autorizado o funcionamento de shoppings de 10h às 16 horas, de segunda a sábado apenas, com delivery de 8h às 17h e drive-thru de 10h às 17 horas.  A praça de alimentação segue o mesmo funcionamento dos restaurantes, com capacidade limitada de 50% de público, distanciamento social e o uso de máscara. Levantou tem que colocar a máscara.

Restaurantes lanchonetes e estabelecimentos registrados como restaurante, podem funcionar de 6h às 16 horas, de segunda a sábado com capacidade de até 50%. O delivery continua até às 22 horas e o drive-thru até às 18 horas. As unidades de ensino estão permitidas a funcionar apenas a parte administrativa de segunda a sexta, com 50% da capacidade de pessoas no local, e por agendamento.

“Esses ajustes que nos estamos fazendo, podem ser revogados a qualquer momento. As pessoas tem que ir aos locais com consciência de manter o distanciamento social. Caso a gente note, por exemplo, lá no bate-palma, que tem muita aglomeração, seremos obrigados a fechar novamente”, enfatizou o governador Wilson Lima.

Assista a live do Governo do Amazonas completa: 

Da redação – Manaus Alerta