Saúde

Covid-19: Governo quer vacinar todos maiores de 18 anos em “no máximo 5 semanas”

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em anúncio feito na noite da última terça-feira (27), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ao lado do presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Eduardo Lula, e do presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Wilames Bezerra, reafirmou a previsão de vacinar contra a Covid-19 toda a população acima de 18 anos, pelo menos com a primeira dose, em “no máximo cinco semanas”.

A partir de então, a pasta irá discutir a redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose da Pfizer. Enquanto isso, o Ministério da Saúde pediu aos estados e munícipios para “seguirem rigorosamente as definições do PNI quanto aos intervalos entre as doses e demais recomendações técnicas, sob pena de responsabilidade futura”.

Até o momento, o Brasil já aplicou, segundo dados do governo atualizados às 15h desta terça-feira (27), 134.648.621 doses. Dessas, 96.560.204 são da primeira aplicação, ou seja, pouco mais de 60% da população vacinável. O restante – 38.088.417 pessoas – já concluiu o ciclo vacinal.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta