Gratidão: homem arrecada R$ 117 mil em vaquinha e constrói casa para doadora que salvou sua vida

Participante do 'The Wall' no 'Caldeirão do Huck' mostra casa nova de Dona Elza
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Gabriel Massote, participante do ‘The Wall’, quadro do ‘Caldeirão’, conseguiu 465 doações e pôde comprar imóvel, montar salão de beleza e pagar tratamento dentário para Elza Boaro.

Há 5 meses, o Caldeirão do Huck contou a história de gratidão entre Gabriel Massote e Elza Boaro. O advogado de Uberlândia, em Minas Gerais, foi diagnosticado com leucemia – um tipo de câncer que ataca as células sanguíneas do corpo. A partir daí, Gabriel precisou entrar na lista de espera para conseguir um transplante de medula óssea. Foi então que o mineiro encontrou uma pessoa que fosse 100% compatível com ele: a Elza! Ela topou fazer a doação de medula óssea e, depois disso, passou a ser considerada como um membro da família Massote.

E o que aconteceu, então? Gabriel participou do The Wall ao lado da esposa, Ana Gabriela, e disse que doaria o valor do que ganhasse para Elza conseguir realizar dois sonhos: se casar e montar a casa própria. No desafio contra a parede, a dupla saiu zerada! Sensibilizado com a situação, o Caldeirão do Huck bancou um casamento para a doadora de medula óssea. E Gabriel foi além! Graças às doações de 465 voluntários, ele arrecadou o dinheiro necessário e comprou uma casa para Elza em Ji-Paraná, em Rondônia.

“Quando a gente verificou que o nosso rendimento (no The Wall) não foi o esperado, a gente decidiu criar uma vaquinha online para poder acudir também o outro sonho da Elza. No programa, criamos muitas expectativas em relação a poder dar uma melhor condição de vida para a Elza e a família”, lembra Gabriel.

“E como a história mexeu com tantas pessoas, decidimos criar essa vaquinha. Foi uma campanha de pouco mais de 90 dias, em que 465 brasileiros se uniram nessa missão de dar a ela algo que, para ela, era muito caro, que era ter um lar. A Elza já morou à beira de rodovia. Agora, ela fala para mim: ‘Gabriel, hoje eu moro em uma mansão'”, conta.

Elza e o marido foram agraciados com doações de 465 pessoas — Foto: Arquivo pessoal

Além disso, Gabriel ajudou a reformar o imóvel, e ainda montou um salão de beleza no fundo da casa de Elza para que ela pudesse ter uma renda extra. O advogado ainda descolou um curso de manicure para a doadora, e também conseguiu pagar um tratamento dentário para ela. No último sábado, 19/10, eles inauguraram a casa nova de Elza, e registraram cada momento – da reforma à entrega.

Fonte: GShow

.


Deixe um comentário