Grávida após estupro, menina de 11 anos tem acesso a aborto dificultado

Foto: Divulgação

o município de Mucurici, interior do Espírito Santo, uma menina de 11 anos aguarda há quatro dias a realização de um aborto legal. Vítima de estupros supostamente praticados pelo namorado de sua avó, a criança teve a gestação de oito semanas identificada na última quinta-feira (27), durante atendimento médico. Nesse meio tempo, ela já transitou entre ao menos duas cidades sem ter acesso ao procedimento.

Segundo o promotor responsável pelo caso, Edilson Tigre Pereira, ela também apresenta descolamento de placenta. O suspeito de praticar o crime foi preso preventivamente.

A legislação brasileira assegura o direito ao aborto legal em casos de gravidez após estupro, de feto anencéfalo e quando há risco de morte materna.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta