Foto: Reprodução

A ativista Greta Thunberg publicou um apelo para que as pessoas fiquem em casa como forma de diminuir a proliferação do coronavírus. Por meio de uma publicação no Instagram, a adolescente de 17 anos também afirmou que apresentou alguns sintomas da Covid-19.

A jovem explicou que na Suécia, seu país, apenas pessoas em caso grave podem fazer o teste, por isso ela não apresentou o diagnóstico. Porém, ressaltou que é “extremamente provável” que esteja infectada.

“Eu quase não me senti mal. Meu último resfriado foi muito pior do que isso!; E é isso que o torna muito mais perigoso. Muitos (especialmente jovens) podem não notar nenhum sintoma ou sintoma muito leve. Então eles não sabem que têm o vírus e podem transmiti-lo a pessoas em grupos de risco”, alertou.

Greta disse que o pai dela também manifestou sintomas e, por isso, os dois se mantiveram isolados. Thunberg completou o texto afirmando que está praticamente recuperada e fazendo um alerta: “Nós que não pertencemos ao grupo de risco temos uma enorme responsabilidade. Nossas ações podem ser a diferença entre vida e morte para muitos outros”.

“Lembre-se disso, siga os conselhos de especialistas e autoridades locais e #FiqueEmCasa para diminuir a propagação do vírus. E lembre-se de sempre cuidar um do outro e ajudar os necessitados”, finalizou.

As informações são do Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.