Cidades Destaques

“Greve insensata e absolutamente sem consequência” dispara prefeito de Manaus

O prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, classificou a greve dos rodoviários como insensata e absolutamente sem consequencia. Ele inclusive fez um apelo à categoria: “Gostaria de ver o sistema funcionando plenamente”.


Desde as primeiras horas acompanhando a paralisação ilegal dos trabalhadores, o prefeito destacou ainda que sempre manteve o diálogo aberto com a categoria para solucionar questões salariais e outras reivindicações trabalhistas.

O prefeito ainda hoje tem reunião agendada com os empresários do Sistema de Transporte Coletivo. Ontem (16) o Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a pedido da Procuradoria Geral do Município (PGM), determinou que fosse mantida a circulação de 100% da frota de ônibus da capital, sob pena de multa diária de R$ 100.000,00.

Mesmo assim, os trabalhadores rodoviários cruzaram os braços e nenhum dos 1.360 veículos do Sistema de Transporte Coletivo saiu das garagens na manhã desta terça-feira.

Comentários

comentários


Deixe um comentário