Brasil

Grupo invade igreja, rouba cálices e bebe vinho da missa antes de fugir em Ribeirão

Redação..
Postado por Redação..

Ladrões invadiram uma igreja no bairro Jardim Presidente Dutra, zona norte de Ribeirão Preto (SP), e furtaram diversos itens enquanto procuravam por um cofre na madrugada desta terça-feira (9). Antes de deixar o local, o grupo ainda bebeu o vinho usado pelo padre nas missas. Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com o zelador da paróquia, um vigilante que costuma fazer rondas pelo bairro durante a madrugada presenciou o momento em que seis pessoas deixavam a igreja às pressas por volta das 4h. Assim que percebeu o que estava acontecendo, ele acionou a Polícia Militar. Apesar disso, os suspeitos fugiram do local antes da chegada dos policiais.

“Ele [vigilante] contou que eram em torno de seis indivíduos e alguns seriam menores de idade também. É revoltante, mas não é a primeira vez, já foram várias vezes, levaram fiação e eles acham que a paróquia tem dinheiro quando na verdade a igreja vive de doações. A gente luta para ter o que tem e não tem explicação do que falar”, afirma Eduardo Sousa de Lima.

Ao chegar ao local poucas horas após o crime, o zelador afirma que encontrou a igreja toda revirada. Para obter acesso ao interior do prédio, o grupo ainda quebrou as fechaduras de algumas portas enquanto procurava por um cofre, que segundo Lima, não existe.

“Foram furtados cálices, notebooks, instrumentos de trabalho da secretária, e é revoltante. O vigilante disse que foi de repente, como ele faz a ronda nesses períodos noturnos ele viu uma movimentação estranha e quando ele viu já acionou a polícia e correu até nossa vizinha que nos ligou. Eu vim e encontrei a PM, que me relatou e entrei pra ver o que havia acontecido”.

Antes de fugir, entretanto, os suspeitos deixaram para trás uma jaqueta, uma mochila e outros pertences. Além disso, eles ainda beberam o vinho que estava na igreja, usado nas celebrações. A polícia investiga o caso, mas até o momento não possui pistas.

“Foi tudo bem rápido, deve ter durado uma hora. A gente rala todo dia para conseguir o que temos. Eles estão atrás de dinheiro. Como não tinha, levaram esses pertences com um pouco de valor para serem vendidos”, diz Lima.

Fonte: topbuzz

Comentários

comentários

Deixe um comentário