Política

Hackers invadem portais do DF e publicam mensagens contra Temer

A Subsecretaria de Tecnologia e Informação (Sutic) optou por derrubar imediatamente os sites, que só devem voltar ao ar depois de corrigidos, ainda sem previsão- foto: divulgação
Redação
Postado por Redação

Os portais das administrações regionais do Distrito Federal, assim como o portal do Governo do Distrito Federal, foram invadidos por hackers neste domingo (11). A Subsecretaria de Tecnologia e Informação (Sutic) optou por derrubar imediatamente os sites, que só devem voltar ao ar depois de corrigidos, ainda sem previsão.

Os hackers publicaram críticas ao governo do presidente Michel Temer (imagem acima) e menções ao governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB).

De acordo com o Correio Braziliense, as páginas invadidas são administradas pela Casa Civil. Sendo assim, os portais da Agência Brasília e da Secretaria de Planejamento (Seplag), por exemplo, não foram atingidos.

Em nota, a Casa Civil disse que está trabalhando para reforçar a segurança das páginas e que o ataque de hoje não não fragilizou o acesso a dados públicos.

Confira a íntegra do comunicado:

“O governo de Brasília informa que as equipes de Tecnologia da Informação da Secretaria da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais e da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão atuaram com agilidade assim que parte dos sites do governo foram hackeados. O problema foi identificado e novas configurações de segurança estão sendo implementadas para evitar novos ataques.

Vale esclarecer que o episódio de hoje é chamado de pichação de sites e que não houve acesso a nenhum dado público. As páginas das Administrações Regionais, da Orla Livre e o portal Brasília estão fora do ar e serão normalizados o mais brevemente possível.

O ataque de hoje em nada se relaciona ao novo Datacenter do governo, cuja ampliação aumentou a capacidade física de armazenamento de dados, além de ampliar a segurança ao acesso físico de servidores. A invasão de hoje está relacionada a parte lógica (uso de softwares) e não de hardwares, como é o caso do Datacenter.”

Fonte: Notícias ao Minuto

Comentários

comentários

Deixe um comentário