Saúde

Hapvida doa alimentos para famílias atingidas pela enchente em Manaus

Foto: Divulgação

Manaus registrou nesta terça-feira (1º), a maior cheia de sua história, subindo para 29,98 metros, o nível do Rio Negro. A marca conseguiu ultrapassar em um centímetro a cota recorde de 2012.

No entanto, o que para alguns tornou-se um ponto turístico e de lazer, para outros a situação foi bem diferente. De acordo com dados oficiais da Defesa Civil, pelo menos 24 mil famílias foram prejudicadas, em cerca de 15 bairros da capital amazonense.

Para ajudar a população que reside às margens dos rios, foram construídos mais de nove mil metros de pontes de madeira, as chamadas marombas, nas regiões mais afetadas. Alguns moradores foram obrigados a abandonar suas casas, já outros resistem nos locais enfrentando problemas sérios de saneamento básico e sobretudo para se alimentar.

Pensando nisso, o Sistema Hapvida decidiu prestar sua solidariedade às famílias amazonenses que enfrentam essa situação tão delicada. A entrega das cestas básicas foi realizada em alguns dos postos de atendimento da rede Hapvida em Manaus. As doações são repassadas aos vários representantes de instituições do terceiro setor da Capital.

A Cruz Vermelha Brasileira Amazonas (CVBAM) foi uma das que recebeu cerca de meia tonelada de alimentos destinados às famílias afetadas pelas enchentes e pela Covid-19. “Recebemos essas cestas básicas semana passada do Hapvida. Estaremos repassando nas próximas semanas às famílias atingidas pelas enchentes, pois levaremos as cestas e materiais de prevenção contra a Covid-19 como álcool em gel, máscaras e sabonetes, além de fazer atividades de conscientização na qual chamamos de Educação em Saúde”, informa Ana Paula Araújo, membro voluntária da Instituição.

De acordo com a analista de Gente, Gestão da área da Lange de Treinamento/GGD do Hapvida, Iara Monteiro, há previsões de novas doações para outras instituições de Manaus. “Temos o intuito de sempre ajudar as ONG’s e demais associações. Temos uma cartela de parceiros. Além de doarmos cerca de 40 cestas básicas para Cruz Vermelha de Manaus, doamos também para Casa do Idoso São Vicente de Paula (48 cestas) e Igreja Missão Evangélica Maranata (35 Cestas).

Iara ainda informa que o trabalho social vem sendo realizado a algum tempo, envolvendo várias instituições. “Essas doações já são realizadas há mais de seis anos em Manaus, no entanto não temos o costume de fazer os registros em redes sociais. Dentro de nossa cartela de instituições de doações ainda realizamos entregas à Casa Mamãe Margarida, Casa da Criança Nascer, Moacir Alves e o Lar das Marias”, finaliza.

Com informações da assessoria