Hapvida já é a maior rede de saúde privada do Amazonas

Foto: Divulgação

A empresa também é a 4ª maior empregadora do Estado. Em breve, o Hapvida vai inaugurar o primeiro hospital pediátrico privado do Amazonas, além de um hospital voltado para a mulher

O Sistema Hapvida, que mantém um investimento constante no Amazonas e conta com mais de 200 leitos e três hospitais, é a maior rede de saúde privada e o 4º maior empregador do Estado, com 2 mil empregos diretos e mais de mil indiretos. Isso representa toda a estrutura da empresa na região que, em breve, vai inaugurar o Hospital Rio Solimões, primeiro hospital particular exclusivamente pediátrico do Amazonas, localizado na avenida Boulevard Álvaro Maia, bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul de Manaus.

Além do Rio Solimões, o Hapvida vai investir em um hospital exclusivamente para a saúde da mulher. O Hospital Rio Amazonas, localizado na rua Prof. Marciano Armond, bairro Cachoeirinha, Zona Sul, que já faz parte da rede própria da operadora, será voltado para atendimento exclusivo da saúde da mulher, tornando-se, assim, o primeiro da rede particular do Amazonas.

Só no Amazonas, o Hapvida conta com cerca de 390 mil clientes entre saúde e odontologia. Além disso, possui 2 prontos atendimentos, 5 clínicas médicas, 2 unidades de medicina preventiva, e diversas unidades de diagnóstico e coleta laboratorial.

De acordo com Jorge Pinheiro, Presidente do Sistema Hapvida, esses investimentos fazem parte da missão da empresa. “Unidades com dedicação por vocação tem sido uma experiência de sucesso para garantir a qualidade na operação, porque podemos nos dedicar às necessidades específicas e os profissionais são treinados e capacitados para atender um determinado público. Além da própria arquitetura e ambientação, que passam a ser customizadas”,explica o presidente do Sistema Hapvida, Jorge Pinheiro.

Estrutura e qualidade

O Hospital Rio Solimões, destinado para a pediatria, terá mais de 5 mil metros quadrados de área construída e recebe o investimento de mais de R$ 17 milhões. O hospital infantil da operadora traz o diferencial de oferecer uma estrutura completa e exclusiva às crianças, projetada em um ambiente especial com profissionais especializados no atendimento infantil desde a atenção básica da saúde até urgência e emergência. A unidade será totalmente equipada e com estrutura moderna, que seguem as exigências e normas do Ministério da Saúde, incluindo a prevenção de infecção hospitalar, sendo cuidadas com carinho e responsabilidade, dando aos pais mais tranquilidade e confiança.

O hospital contará com uma ampla estrutura disposta em cinco pavimentos equipados para oferecer diversos serviços com qualidade e segurança que os clientes merecem. Serão diversos consultórios médicos, postos de coleta laboratorial, leitos de emergência, salas cirúrgicas, leitos de observação/recuperação, leitos de internação, poltronas de medicação, leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além de espaços e equipamentos para tomografia, Raio-X, ecocardiograma, ultrassom, gesso, suturas e curativos.

O hospital voltado para a saúde da mulher contará com uma estrutura moderna para atender às mamães da região. A unidade contará com todo aparato de atendimento, como consultórios médicos,postos de coleta laboratorial, leitos de emergência, salas cirúrgicas, leitos de observação/recuperação, leitos de internação, poltronas de medicação, leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), entre outros serviços. Essa é a prova da filosofia da criação de uma rede hospitalar formada por unidades com vocação por especialidade.

Sobre o Sistema Hapvida

Com 6,5 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como o maior sistema de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, América, Promed e Ame, RN Saúde, além da operadora Hapvida. Atua com mais de 30 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 39 hospitais, 194 clínicas médicas, 42 prontos atendimentos, 177 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.