Entretenimento

Harvey Weinstein contratou ‘exército de espiões’ para abafar acusações

Redação
Postado por Redação

A “New Yorker” fez, nesta terça-feira (7), novas revelações relacionadas com o caso de abuso sexual que envolve Harvey Weinstein.

Segundo a revista norte-americana, o produtor contratou uma equipe de detetives privados, advogados e antigos agentes da Mossad, o serviço de inteligência de Israel, para evitar que as acusações de que é alvo viessem a público.

Uma das preocupações dele recaía sobre as vítimas. Há relatos de espionagem sobre Rose McGowan, que se assume como uma das vítimas do magnata do cinema, e de chantagem sobre jornalistas que tinham matéria suscetível de ser publicada.

Quando a atriz Rose McGowan se preparava para lançar um livro, um ‘espião’ de Harvey Weinstein fez-se passar por ativista pelos direitos das mulheres para obter informações. Já outros procuravam informações pessoais sobre jornalistas da “New Yorker” e do “New York Times” para os tentar travar.

Fonte: Noticias ao minuto

Comentários

Deixe um comentário