Hemoam sofre com queda de 60% de doadores e estoque de sangue baixo

Foto: Divulgação/Hemoam

Registrando queda acentuada no número de doações voluntárias de sangue, a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) convoca a população da cidade de Manaus, de todos os tipos sanguíneos, para doar sangue. Desde o início da pandemia da covid-19, o hemocentro amazonense vem enfrentando grandes dificuldades para manter seu estoque em nível adequado.

Nós últimos dias a situação agravou ainda mais pela queda de 60% no comparecimento de doadores. De acordo com a chefe do departamento do ciclo do sangue, do Hemoam, a baixa na oferta desse produto já ameaça a realização de cirurgias eletivas. “Estamos precisando que a população compareça urgentemente”, alertou Socorro Viga Yurtsever.

De primeiro de agosto até agora o Hemoam já distribuiu um volume 2.572 componentes sanguíneos para atender demandas de pacientes com doenças crônicas, urgência e emergência, além das cirurgias eletivas, da capital e de boa parte do interior.

“Para dar conta de toda essa demanda diária, precisamos do comparecimento de 200 a 250 doadores por dia. Ultimamente esse número está na média de 100 doadores”, informou Socorro.

Quem pode doar: Homens e mulheres entre 16 e 60 anos que estejam com boa saúde, pesar acima de 50kg, ter dormido pelo menos 6 horas na noite anterior. Jovens de 16 e 17 anos podem doar acompanhados dos pais ou responsável legal.

Onde doar: as doações podem ser realizadas na sede do Hemoam, de segunda a sábado, das 7h às 18h, na Av. Constantino Nery, 4397, bairro Chapada. No posto de coleta da Maternidade Ana Braga, de segunda a sexta, das 8h às 12h45, na Alameda Cosme Ferreira, bairro São José.

Com informações da assessoria