Homem esfaqueia vítima e diz que sangue na roupa é ketchup

Foto: Divulgação
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

m homem suspeito de tentativa de homicídio deu uma justificativa peculiar para os policiais civis da 14ª Delegacia de Polícia (Gama), nessa sexta-feira (24), dia em que foi preso. Em depoimento, o criminoso afirmou que não tem relação com o crime e que, no dia do delito, estava com a roupa suja de ketchup, o que poderia ter causado confusão nas testemunhas ouvidas pelos investigadores.

O fato ocorreu em 5 de março do ano passado, no Setor Central do Gama, próximo à rodoviária da região administrativa. De acordo com as investigações, o criminoso abordou um homem por trás e, sem qualquer motivação, teria dado facadas no tórax da vítima.

Como os fatos foram próximos ao Hospital Regional do Gama (HRG), o homem esfaqueado conseguiu correr até a unidade de saúde, onde recebeu atendimento médico. A identidade dos envolvidos não foi informada pelos policiais.

Apesar da justificativa do homem, o delegado-chefe da 14ª DP, Jonatas Silva, afirma que diversos elementos colhidos durante a investigação indicam o preso como autor do crime. “Além disso, o suspeito ostenta diversos registros criminais por roubos, furtos e também por outra tentativa de homicídio praticada também no Setor Central do Gama”, acrescentou.

Diante das evidências, o delegado representou pela prisão preventiva do homem, acatada pela Justiça. O suspeito foi localizado nas proximidades da rodoviária do Gama, onde ocorreu a tentativa de homicídio. Ele foi encaminhado à carceragem da PCDF, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

As informações são do Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta


Deixe um comentário