Homem usava dinheiro da aposentadoria da avó para convencer meninos a fazer sexo com ele

Caso foi registrado na DEPCA.
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Clenildo Ferreira Mota, 31, conhecido como “Tei”, foi preso na manhã da última sexta-feira (22), na casa dele, localizada no bairro Zumbi dos Palmares, Zona Leste de Manaus, em cumprimento de mandado de prisão temporária por estupro de vulnerável e favorecimento à prostituição de vulnerável.

De acordo com informações da delegada Juliana Tuma, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), a equipe da especializada iniciou as investigações em torno do caso em julho deste ano, após receber denúncia anônima informando que Clenildo utilizava o dinheiro da aposentadoria da avó dele para convencer adolescentes a manterem relação sexual com ele. Além disso, o suspeito gastava dinheiro comprando presentes para meninos, que costumavam ser vistos no quarto do infrator.

Conforme Tuma, ao longo das diligências, foi constatado que um adolescente de 13 anos vinha mantendo relações sexuais com Clenildo há dois anos, desde quando tinha 11 anos de idade. A vítima foi submetida à exame de coito anal no Instituto Médico Legal (IML), que confirmou o estupro. Durante as investigações os policiais civis descobriram mais três vítimas do infrator, adolescentes de 14, 15 e 16 anos. Todos do sexo masculino.

Dinheiro

Segundo Juliana Tuma, os abusos cometidos contra os adolescentes iniciaram quando eles eram vulneráveis. Clenildo sempre utilizava dinheiro para comprar o silêncio das vítimas e manter o sistema de dependência delas. Após a constatação dos crimes, a delegada representou à Justiça o mandado de prisão temporária em nome do infrator. O documento foi expedido no dia 21 de setembro pela juíza Mirza Telma de Oliveira Cunha, no Plantão Criminal.

A delegada ressaltou, ainda, que durante depoimento realizado na especializada Clenildo admitiu ter mantido relações sexuais com três vítimas, sob o argumento de que os atos ocorreram com o consentimento dos adolescentes. “Tei” foi indiciado por estupro de vulnerável e favorecimento à prostituição de vulnerável.

Ao término dos procedimentos na Depca, o criminoso será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).


Deixe um comentário