Homicídios e latrocínios têm redução no último trimestre de 2017, segundo SSP-AM

(Foto: Clóvis Miranda)

Manaus registrou redução de 7% no número de homicídios e 13% na quantidade de latrocínios no último trimestre de 2017 na comparação com o mesmo período de 2016, conforme os indicadores de criminalidade da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Os casos de tentativa de homicídio (-15%), furtos a estabelecimentos comerciais (-24%), roubos a pedestres em vias públicas (-25%) e roubos a estabelecimentos comerciais (-32%) também diminuíram entre outubro e dezembro do ano passado.

O período compreende a gestão do governador Amazonino Mendes, quando mudanças na estratégia de segurança pública visando o combate à criminalidade foram implementadas sob a condução do vice-governador e secretário de Segurança, Bosco Saraiva. Reforço nas operações policiais, enfrentamento ao tráfico de drogas, fortalecimento da Inteligência e a volta do patrulhamento da Polícia Militar aos bairros das zonas norte, leste e centro-sul são os principais destaques do período.

De acordo com as estatísticas da SSP-AM, as ocorrências de homicídios e roubos a estabelecimentos comerciais alcançaram o menor patamar trimestral do ano entre outubro e dezembro de 2017. No período, Manaus registrou 192 mortes violentas, 7,2% menos que nos últimos três meses de 2016, quando ocorreram 206 homicídios. A quantidade de roubos a estabelecimentos comerciais foi 36% inferior ao registrado no último trimestre de 2016. Ano passado, foram 821 casos, enquanto em 2016, o número foi de 1.208 casos.

Os latrocínios também apresentaram redução no último trimestre, queda de 13%. No período, Manaus teve 20 casos de roubos seguidos de morte, enquanto nos últimos três meses de 2016 a cidade registrou 23 casos. O número de tentativas de homicídio foi de 74, entre outubro e dezembro de 2016, e 63 casos, no mesmo período de 2017, uma redução de 15%.

No último trimestre, a capital teve 1.824 furtos a estabelecimentos comerciais registrados, número 24% inferior ao registrado no mesmo período de 2016, quando ocorreram 2.402 casos. Os roubos a pedestres em via pública caíram 25%, com 5.294 casos registrados.

A quantidade de armas apreendidas foi a maior entre os quatro trimestres de 2017. No período, foram apreendidas 186 armas de fogo. O quantitativo de apreensão de entorpecentes também foi o maior entre os quatro trimestres de 2017, totalizando 6.618,03 toneladas.

Ações de reforço na segurança pública – Por determinação do governador Amazonino Mendes, a SSP-AM implantou medidas emergenciais para melhoria da segurança ao mesmo tempo em que fez um diagnóstico da situação dos contratos do setor. Entre as ações iniciadas em outubro de 2017 está a ampliação das operações integradas das forças de segurança, reunindo a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) e Corregedoria-Geral do Sistema de Segurança Pública.

O Governo do Amazonas implantou o policiamento comunitário nas zonas leste, norte e centro-sul, reforçando o patrulhamento com mais polícia nas ruas e veículos com tecnologia para apoiar às ações de rotina. A frota de veículos da PM e da PC foi renovada, com a substituição de um total de 269 viaturas, sendo 71 delas destinadas aos municípios do interior.

A SSP-AM também iniciou um programa de manutenção de Distritos Integrados de Polícia (DIPs), concluindo reparos em prédios onde funcionam o 18º e 9º DIPs. O 12º e 6º DIPs estão passando por manutenção. As intervenções estão programadas no 1º, 23º, 30º e 27º DIPs.

No 18º DIP, no bairro Novo Israel, zona norte, foi inaugurada uma nova central de flagrantes, ampliando para nove o número de DIPs com atendimento à população 24 horas. No final do ano passado, o governo iniciou reparos no 28º DIP, na Colônia Oliveira Machado, na zona leste, que também passará a funcionar 24 horas.

INDICADORES 2017

Em 2017, Manaus registrou 961 homicídios. Em 2016, foram 801 casos. No acumulado de janeiro a dezembro do ano passado, a capital amazonense registrou 63 latrocínios, número 31% menor que o registrado em 2016, quando ocorreram 91 crimes do tipo.

A SSP-AM registrou 43.288 ocorrências de roubo em 2017. Em 2016, foram 40.851 casos. Os registros de tentativa de homicídio somaram 216 ocorrências em 2017 frente a 272 em 2016, uma redução de 21%. As ocorrências de furto, em 2017, chegaram a 33.350. No ano de 2016, foram 26.574 registros. A recuperação de objetivos e veículos cresceu 28%, totalizando 41.113 em 2017, e 32.216 em 2016.