Idam apoia a entrega de mais de 10 toneladas de alimentos ao PAA em municípios do estado

Foto: Divulgação/Idam

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) acompanhou, nesta terça-feira (03), a entrega de produtos agrícolas ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) nos municípios de Benjamin Constant (a 1.118 quilômetros de Manaus) e Canutama (a 620 quilômetros). Ao todo, mais de 10 toneladas de alimentos foram entregues nos dois municípios, correspondendo à produção de oito famílias de agricultores nesta etapa, mais uma entrega dentro do calendário de cada município. Os alimentos serão distribuídos a famílias em condição de vulnerabilidade nos respectivos municípios e a entidades, como hospitais e organizações beneficentes.

Em Benjamin Constant, foram adquiridas três toneladas de alimentos, que incluem banana, pimenta cheirosa, farinha e pimentão. Os itens correspondem à produção de dois agricultores familiares inscritos no programa, este ano, e somam-se as 12 toneladas de alimentos que já foram entregues pelo PAA, em Benjamin Constant, desde o mês passado.

Segundo o gerente da unidade local do Idam no município, Denis Lima, 39 famílias participam do programa este ano, sendo 11 indígenas, 19 agricultores familiares e 9 produtores que vivem em assentamentos. Esta é a 12ª entrega de alimentos ao PAA 2020 no município. “Nós estamos dando apoio, desde a assistência técnica, ao escoamento e à comercialização e iremos continuar, pois o agricultor é nossa prioridade”, declarou Denis. Para este ano, estima-se que mais de 1,3 mil famílias carentes sejam beneficiadas em Benjamin Constant.

A unidade local de Canutama acompanhou a entrega de 7,8 toneladas de abacaxi, melancia, abóbora, banana prata e milho verde. De acordo com o gerente da unidade local do Idam no município, João Batista Gomes do Nascimento, o PAA irá beneficiar 16 famílias de agricultores em Canutama, este ano, com uma estimativa de que 55,5 toneladas de alimentos sejam movimentadas até o fim desta edição do programa, totalizando um investimento de R$ 97 mil aos agricultores familiares do município.

“Esta semana, nós recebemos a produção de seis famílias. O Idam faz o transporte do produto, a pesagem, a conferência e entregamos ao Centro de Assistência Social (CRAS), que se responsabiliza por efetuar a doação desses gêneros alimentícios”, explicou João Batista.

PAA

Beneficiando tanto famílias carentes quanto o agricultor familiar, o PAA compra a produção agrícola das famílias inscritas para, então, distribuí-la a famílias em condição de vulnerabilidade. Neste ano, cada agricultor familiar inscrito está recebendo um valor de R$ 6,5 mil ao entregar sua produção.

Vale destacar que o PAA é uma modalidade de compra especial da agricultura familiar com doação simultânea, por meio do Termo de adesão Ministério da Cidadania/Governo do Amazonas-Sepror.

As informações são da assessoria