Economia

INSS, abono e BPC: confira o que muda com o novo salário mínimo de R$ 1.100

O novo valor do salário mínimo, de R$ 1.100, que começou a valer na última sexta-feira (1º), altera uma série de benefícios e verbas federais. O piso nacional — antes em R$ 1.045 — sofreu variação de 5,26%. A correção foi publicada em Medida Provisória (MP) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O novo mínimo está acima do que o próprio governo havia antecipado (R$ 1.088) no anúncio da proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), no último dia 15.

Seguro-desemprego e abono salarial do PIS/Pasep também sofrem alterações, bem como os valores da contribuição de MEIs e das indenizações ganhas em Juizados Especiais.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta