Jornalista ‘detona’ Maju Coutinho e rede Globo: ‘isso não é jornalismo’

foto: reprodução

O jornalista Paulo Alceu, do programa ND Notícias, subiu o tom das críticas contra a rede Globo e a apresentadora Maju Coutinho. Na edição do Jornal Hoje da última segunda-feira (24), foi noticiado erroneamente que nem Bolsonaro e nem autoridades do Governo haviam prestado solidariedade aos mortos por covid-19, no evento Brasil vencendo a covid”, que ocorreu no mesmo dia, horas antes.

No entanto, como já foi massivamente replicado na internet, durante o evento foi prestada uma homenagem póstuma com mais de um minuto de silêncio absoluto aos mais de 113 mil morto por covid-19 no Brasil, ato respeitado pelo presidente Bolsonaro e as demais autoridades do Governo Federal citadas por Maju.

Após mostrar os dois vídeos, Paulo não poupou críticas aos noticiários que vêm sendo apresentados pela emissora rede Globo, que segundo o próprio comentarista, não se trata se jornalismo. “Não abuse, TV Globo, da inteligência das pessoas, não abuse da mentira como notícia. Não se trata de defender o presidente Bolsonaro, mas se trata de honrar a informação e dignificar a profissão. Se você é contra, expresse sua contrariedade, mas com base em argumentos verdadeiros e não em manipulações criminosas e desrespeitosas”, disse.

E Paulo Alceu prosseguiu. “Não prestaram homenagem aos mortos? Isso é mentira. Isso que é fake news. Dizer que não houve homenagem aos mortos por covid-19 por interesse, é baixo, é triste. Isso não é jornalismo, absolutamente não é jornalismo”, disse.

Internet cobra pedido de desculpa

Maju fez um esclarecimento no Jornal Hoje desta terça (25), porém, a internet não aceitou e exige um pedido de desculpas ao presidente Jair Bolsonaro e autoridades presentes do Governo Federal.

 

Portal Manaus Alerta