Jornalistas do portal e jornal ÀCrítica entram em greve por tempo indeterminado

foto: reprodução/Street View

Os jornalistas que atuam no portal e jornais impressos do ÀCrítica, da rede Calderaro de Comunicação, anunciaram deflagração de greve por tempo indeterminado a partir das próxima segunda (7). O comunicado oficial foi feito por meio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Amazonas (SJP/AM). Manaus não registrava uma greve de jornalistas desde a década de 80.

A presidente do SJP-AM, Dôra Tupinambá, fez nesta sexta-feira, o comunicado oficial à Empresa de Jornais Calderaro, Jornal A Crítica, Manaus Hoje e Portal A Crítica, aos usuários de seus serviços e à população que os jornalistas atuantes nesses veículos de comunicação realizaram assembleia geral virtual na noite de quinta-feira (3) e decidiram entrar em greve.

Por meio de nota, o sindicato informo que o motivo da greve são constantes atrasos no pagamento de salário e outros direitos trabalhistas. “A situação vem se prolongando há anos. A Rede Calderaro de Comunicação optou por investir mais em suas televisões e nas rádios, relegando a último plano os jornais e o portal”, detalha nota.

Sobrou a até para o apresentador Sikera Jr. unanimidade de audiência no Amazonas, no comando do Alerta Amazonas. “O grupo paga o maior salário dos meios de comunicação em Manaus ao apresentador Sikêra Jr., por exemplo, mas vinha atrasando constantemente os salários dos profissionais que trabalham nos veículos impressos”, completa o texto.

Com informações do SJP-AM