Jovem expõe vida como influencer: ‘É prostituição de luxo’

Foto: Reprodução/Instagram

Apesar de toda a beleza em torno de um perfil no Instagram, como ocorre no caso dos influenciadores digitais, um mundo sombrio se esconde na internet. Em entrevista ao programa de Victoria Derbyshire, da BBC, a jovem influencer Tyne-Lexy Clarson expôs propostas que já recebeu para fazer sexo com desconhecidos.

“É prostituição de luxo”, afirmou ela sobre sua vida na web. “É assustador pensar que, se eles [homens] mandaram mensagens, provavelmente o fizeram com outras milhares de garotas bonitas no Instagram”.

A influenciadora revelou ter recebido sua primeira proposta indecente aos 19 anos. Um homem teria oferecido 20 mil libras (R$ 110 mil) para jantar com ela. Ele não mencionou sexo.

Tyne-Lexy não aceitou. As propostas só foram aumentando, ainda mais depois de participar do reality show Love Island. Ela chegou a se deparar com uma agência que garantia 50 mil libras (R$ 274 mil) para que ela passasse cinco noites em Dubai, com algumas exigências.

“É muito dinheiro para algumas pessoas, quantias que podem mudar a vida de alguém”, apontou a influencer. Ela teme que muitas jovens aceitem esse tipo de acordo.

Já a influencer Rosie Williams foi aliciada com 100 mil libras (R$ 548 mil) por ano. O objetivo era virar acompanhante de um homem em Dubai. Ela decidiu se afastar da fama.

“Ou você está numa posição em que não precisa disso, então não discute o tema, ou você já aceitou uma dessas ofertas e tem vergonha de dizer”, refletiu Rosie, que aponta o tabu em torno dessas questões.

As informações são do Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.