Policiais civis de Santa Catarina prenderam na sexta-feira, (12) em Gaspar, a cerca de 50 quilômetros de Balneário Camboriú, no litoral norte do estado, um rapaz de 22 anos suspeito de matar a pauladas o professor indígena Marcondes Namblá, de 36 anos. O crime ocorreu na madrugada do primeiro dia do ano e teve grande repercussão depois que imagens registradas por câmeras de segurança vieram a público.