Brasil

Justiça solta estudante que fez sexo com cadela

Redação..
Postado por Redação..

A Justiça acaba de liberar da prisão o estudante Emerson Fernandes Pedroso, 30, acusado de fazer sexo com uma cadela e postar o vídeo feito por ele em redes sociais. Ele teve cumprida a prisão temporária de cincos dias na segunda-feira (24) e foi solto do Centro de Ressocialização de Cuiabá por volta das 20h30 desta sexta-feira (28). A liberação foi determinada pela juíza plantonista Flávia Catarina, segundo informou o advogado Rodrigo Lázaro de Souza, que faz a defesa de Emerson.

Na terça-feira (25) ele havia ingressado com um pedido de revogação da prisão do estudante. Argumentou que a partir da apresentação espontânea dele, que prestou todas as informações à Polícia e ainda indicou o paradeiro da cadela (objeto do crime), não existia a justificativa para a manutenção da prisão. Destacou ainda que o acusado atende a todos os requisitos para responder inquérito em liberdade.

A decisão frustra o pedido do delegado Gianmarco Paccola Capoani, titular da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), que alegando risco de morte ao estudante, por ameaças sofridas, pediu a prorrogação de mais cinco dias da prisão temporária dele. Segundo ele o acusado estaria mais seguro ficando sob a tutela do Estado.

Citou os disparos de arma fogo e tijoladas no veículo pertencente ao pai de Emerson, além das ameaças que circulam circularam no bairro Pedra 90, afirmando ser ‘questão de honra‘ eliminar ele pois “seria um potencial estuprador de animais e pessoas”.

Indícios de invasão da residência dos pais de Emerson após a divulgação do fato, quando a casa dele foi arrombada e além de eletroeletrônicos, dois cães foram levados pelos invasores reforçam o pedido do delegado.

Caso- Vazamento de vídeo feito por Emerson há três meses e postado na web na quarta-feira (19) caso ganhou repercussão na Grande Cuiabá e fora do estado. O vídeo mostra o estudante em relação sexual com a cadela “Branquinha”, adotada por ele das rus na ocasião. Ele afirmava que vídeo era destinado aos “amigos que ainda não viram”.

As imagens feitas com o celular do acusado, dentro do banheiro da casa.
Depois de apresentar “Branquinha” diz que ela já está acostumada e gosta do sexo. Salienta que a cadela está no cio e que a relação é muito prazerosa. Afirma que iria dar banho nela mas acabou não resistindo e cometeu o ato. Vídeo causou comoção e Organizações de defesa dos animais se mobilizaram exigindo a prisão e punição do acusado.

Fonte: gazetadigital

Comentários

comentários


Deixe um comentário