Cidades

Lar das Marias recebe doação de cabelos, para confecção de perucas para mulheres com câncer

Também estão sendo vendidos itens de artesanato, cuja renda será revertida para a manutenção das atividades da instituição.
Redação
Postado por Redação

O Lar das Marias, entidade que oferece apoio a mulheres com câncer, está recebendo doação de cabelos, para a confecção de perucas. As doações podem ser entregues no quiosque do Lar, que está funcionando de 10h às 22h, no Amazonas Shopping, próximo à Praça de Alimentação do primeiro piso. No local, também estão sendo vendidos itens de artesanato, cuja renda será revertida para a manutenção das atividades da instituição.

O stand do Lar das Marias faz parte da Campanha Outubro Rosa, que acontece nacionalmente e este ano tem como tema central “#PACIENTESNOCONTROLE – Atitude Exige Coragem”. O tema chama atenção para a necessidade de os pacientes conhecerem os direitos que lhes garantem acesso ao diagnóstico e tratamento.

Segundo Circe Mendonça, uma das fundadoras do Lar das Marias, para serem doados os cabelos precisam ter mais de 10 centímetros. “Não é preciso que seja nenhum tipo de cabelo específico. Lisos, crespos ou ondulados, todos podem ser doados”, explicou. Circe orienta que antes da entrega as pessoas prendam os cabelos com uma liga e coloquem em um saco plástico.

No stand do Lar das Marias os visitantes também encontram produtos como guardanapos, bonecas de pano, garrafas decoradas, terços e escapulário, com preços a partir de R$ 5. As camisas da Campanha Outubro Rosa serão vendidas por R$ 25. As peças de artesanato são produzidas por voluntárias do Lar das Marias, que semanalmente reúnem-se para confeccioná-las.

De acordo com Circe Mendonça, as peças possuem aplicações em patchwork, pintura em tecido e crochê, dentre outros. “Tudo é feito com muito carinho, por 20 voluntárias que doam seu tempo e seu dom para produzir os itens que são vendidos e revertidos para as atividades desenvolvidas pela instituição”, destacou.

Circe conta que o Lar das Marias foi fundado em 2006 e, atualmente, atende 20 mulheres e seus acompanhantes. A entidade oferece hospedagem com alimentação completa, agendamentos e traslado para as consultas, exames e tratamentos, além de acompanhamento de psicóloga e assistente social.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário