Líder do governo na Câmara é favorável à contratação de parentes para cargos públicos

Foto: Reprodução

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), defendeu a contratação de parentes de políticos para cargos públicos. O nepotismo é proibido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2008 por violar o princípio constitucional da impessoalidade na administração.

Apesar disso, o Centrão, bloco de partidos de centro e centro-direita que passou a integrar a base de apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), vem pregando mudanças na lei que hoje pune a prática.

“O poder público poderia estar mais bem servido, eventualmente, com um parente qualificado do que com um não parente desqualificado”, afirmou Barros

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta