Linha de microcrédito Banco do Povo voltará a ser oferecido em fevereiro

Desse total, R$ 42 milhões são destinados exclusivamente ao microcrédito- foto: Hudson Braga/Afeam

Este ano, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam) volta a oferecer a linha de microcrédito Banco do Povo a partir do dia 5 de fevereiro. Aos interessados, o primeiro passo é agendar participação na palestra sobre a linha de financiamento, procedimento feito exclusivamente no site da Agência de Fomento (www.afeam.am.gov.br), clicando no banner “Agendamento Banco do Povo”, segundas e quartas-feiras, a partir das 19h.

Além do atendimento em Manaus, explica o presidente da Afeam, Alex Del Giglio, a agência mantém postos fixos nos municípios Eirunepé, Manicoré, Manacapuru, Itacoatiara e Tefé. Nos demais, o atendimento é feito em ações itinerantes, por calha de rios, e que nesse ano inicia pela Calha do Alto Solimões/Jutaí/Fonte Boa, em seis de fevereiro.

Após assistir a palestra sobre a linha de microcrédito na sede da Afeam, o empreendedor é encaminhado para um curso de gestão de negócios, realizado pelo Sebrae, parceiro da Agência. Após essa etapa, o interessado agenda seu atendimento na sede da Afeam, também pelo site da instituição, se cadastra e caso seu pedido seja aprovado, o financiamento é liberado.

Para esse ano, a meta da instituição é ampliar o atendimento. Ações especiais estão sendo desenvolvidas para uma maior atuação da Agência, sobretudo no interior do estado. Projeto pioneiro de revitalização da cadeia da castanha, por exemplo, está beneficiando cooperativas e associações. Recurso específico para o setor primário também está voltado a uma maior geração de emprego e renda.

Balanço

Em meio ao cenário de crise econômica, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam) atendeu, em sua sede em Manaus, no ano de 2017, exatos 9.551 empreendedores ou pessoas com o sonho de montar o próprio negócio e que precisavam de recursos para movimentar as mais variadas atividades econômicas. O universo é semelhante ao contabilizado em 2016.

Com informações da assessoria