Política

Lira diz ao STF que não há prazo para analisar pedido de impeachment

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não há prazo em lei para analisar os pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Atualmente, há 116 pedidos de afastamento do atual presidente.

No documento, o parlamentar destaca que não existe nada definido na Lei do Impeachment, na Constituição ou no Regimento Interno da Casa sobre o assunto. Além disso, segundo Lira, o exame de admissibilidade deve levar em conta as conjunturas doméstica e internacional.

“É forçoso concluir que o exame liminar de requerimentos de afastamento do Presidente da República, dada sua natureza política e em vista de sua repercussão em todo o sistema político nacional, não pode seguir um movimento automático, podendo e devendo esta Presidência ser sensível à conjuntura doméstica e internacional”, aponta Lira na resposta.

 

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.