O projeto “CNH Social” teve 270 mil inscritos, na primeira fase irá beneficiar 10 mil candidatos- foto: Roberto Carlos

O Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Amazonas (Detran-AM), informou que a divulgação da lista dos beneficiários do projeto “CNH Social” só poderá ser feita após as eleições de outubro deste ano.

De acordo com o diretor técnico do órgão, em função da legislação eleitoral (Lei federal nº 9.504/97), que caracteriza como conduta vedada ao agente público a distribuição de bens, valores ou benesses durante o período eleitoral, execução do projeto ficou inviabilizada.

O diretor técnico do Detran-AM, Rodrigo Sá, informa que a diretoria do órgão precisou fazer o cadastro das empresas parceiras do projeto, como clínicas de avaliação médica e autoescolas, mas não conseguiu tempo hábil para lançar o programa antes de abril.

O projeto “CNH Social” teve 270 mil inscritos, na primeira fase irá beneficiar 10 mil candidatos. Após a divulgação do primeiro grupo de selecionados, será fixado um prazo de 15 dias, para que apresentem a documentação necessária para referendar as informações prestadas no ato da inscrição. Serão excluídos candidatos que não atenderem os requisitos necessários.

Com informações da assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here