Brasil

Live em que Bolsonaro associa vacina contra Covid-19 a Aids é removida pelo Facebook

foto: reprodução

O Facebook retirou do ar a live da quinta-feira (21) em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) associou vacinas contra Covid-19 ao desenvolvimento da Aids. Essa é a primeira vez que a rede social retira do ar uma live do presidente. O vídeo também foi removido do Instagram.

Durante a exibição do vídeo, Bolsonaro leu uma suposta notícia de que vacinados contra Covid estariam desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida. A comunidade médica reagiu às alegações do presidente, desmentindo suas afirmações, classificadas de fake news.

No Twitter, a hashtag #DerrubaYouTube é um dos assuntos mais comentados nesta segunda-feira (25), pedindo para que a plataforma também derrube a live.

As informações são do IG