Luisa Mell diz que ‘churrasco é festa do demônio’ e que passa mal ao sentir cheiro de animal morto

foto: reprodução/Instagram

Para uma entrevista, Luisa Mell recebeu Léo Dias no Instituto que leva o nome dela e cuida de centenas de cachorros abandonados e doentes.

O trabalho da ativista muitas vezes não é reconhecido, e Luisa reclama muito dos ataques que sofre em suas redes sociais.

Na entrevista, Luisa justificou ainda sua posição em ser vegana, totalmente contrária a alimentação com carne, e que, segundo ela, é o que está nos levando para o fim. A ativista disse inclusive que “churrasco é festa do demônio” e que passa mal apenas em sentir o cheiro do animal morto.

Confira a entrevista completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.