Polícia

Mãe de bebê jogado no rio Negro é presa por furto em Manacapuru

Agora, ela e a amiga ficarão à disposição da Justiça- foto: divulgação/PM
Redação
Postado por Redação

A mãe do bebê que foi jogado no rio Negro em 2015, Cleudes Maria Batista de Moraes, de 23 anos, foi presa por furto de roupas em Manacapuru. Com ela, Policiais Militares prenderam também a comparsa identificada como Ingrid Ferreira Duarte, 20.

Segundo informações da PM, a guarnição foi acionada na tarde de ontem (8) para verificar uma situação de furto na avenida Eduardo Ribeiro, que fica em Manacapuru, após denúncias anônimas dizendo que as duas estavam furtando peças de roupas em uma loja de confecções.

Veja também: Assaltante envolvido em latrocínio de adolescente é encontrado morto em Manaus

Chegando lá, a guarnição constatou o fato e encaminhou as duas para a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, onde fizeram poses para as fotos.

Ano passado, Cleudes chegou a ser presa na presença de outras pessoas pelo crime de tráfico de drogas. Agora, ela e a amiga ficarão à disposição da Justiça.

O caso do bebê

Identificado como Pablo Pietro, o bebê de 4 meses foi fruto de uma relação com o canoeiro Josias de Oliveira, que confessou ter jogado o próprio filho no rio Negro após uma discussão com Cleudes.

Leia mais notícias:

Após comemorar aniversário, mulher é estuprada e ameaçada com 2 facas, na Cachoeirinha

Outro homem é encontrado morto na Zona Norte

“Giro Solidário” promete dinheiro rápido e fácil, mas é crime e pode dar oito anos de prisão

Comentários

comentários

Deixe um comentário