Maioria dos 38 milhões de eleitores aptos a votar no 2º turno são mulheres

Foto: Divulgação/TSE

Quase 54% dos eleitores que estão aptos a votar nos 57 municípios em que haverá segundo turno são mulheres; 56,20% do total são solteiros; 11,10% estão na faixa etária de 35 a 39 anos; e 29,84% têm ensino médio completo. Esse é o perfil médio dos 38.284.410 eleitores que estão aptos a votar no segundo turno das Eleições Municipais de 2020, no dia 29 de novembro.

O retrato dos eleitores consta das estatísticas eleitorais disponíveis no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foi traçado conforme a autodeclaração fornecida pelo eleitorado.

A capital alagoana é a que possui a maior quantidade de mulheres eleitoras (55,46%) do total de alistados na cidade. Já Joinville (SC) é o que possui mais eleitores do sexo masculino (48,08%).

O perfil do eleitorado nas 57 cidades com segundo turno indica ainda que a maioria completou o ensino médio (32,05%), e que a cidade que detém o maior percentual nessa categoria é São Luís (MA), com 42,78%. Já Vitória (ES) contempla o maior número de eleitores com nível superior completo (31%).

Pouco mais de 420 mil pessoas que poderão votar nessas cidades declararam ter algum tipo de deficiência, sendo 154.981 eleitores da capital do estado de São Paulo, seguido pelo município do Rio de Janeiro (27.263) e pela cidade paulista de Guarulhos (22.659).

Já os eleitores que declararam o nome social totalizam 3.403 pessoas, 982 da cidade de São Paulo, 292 de Fortaleza (CE) e 283 da capital fluminense.

Capitais

Dos 57 municípios que vão definir os prefeitos em segundo turno, 18 são capitais. A região Nordeste é a que tem a maior quantidade de capitais (sete) que ainda não definiram o chefe do Poder Executivo local: Maceió, Fortaleza, São Luís, João Pessoa, Recife, Teresina e Aracaju. Na sequência, vem a Região Norte, com cinco capitais no segundo turno: Rio Branco, Manaus, Belém, Porto Velho e Boa Vista.

(*) As informações são do Tribunal Superior Eleitoral