Mais de 140 profissionais de saúde são contratados para atuar no enfrentamento da Covid-19

Foto: Mário Oliveira /Semcom

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, anunciou a contratação de 146 profissionais de saúde, de diferentes categorias, para atuar nas ações de enfrentamento à Covid-19, no município de Manaus. A medida sucede a convocação de seis Agentes Indígenas de Saúde, ocorrida no início do mês de outubro, para reforçar as equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no combate à doença nas comunidades indígenas da área urbana da capital amazonense.

As contratações serão em regime temporário, com duração de seis meses, e levarão para as unidades de saúde municipais 46 enfermeiros, 60 técnicos em enfermagem, dez médicos clínicos gerais e 30 técnicos em patologia clínica, que irão integrar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e policlínicas do município, para fazer o primeiro acolhimento, a avaliação clínica e os encaminhamentos necessários para os casos suspeitos ou confirmados do novo coronavírus em Manaus.

As contratações atendem à determinação do prefeito Arthur Neto, de ampliar, ainda mais, os esforços da saúde municipal, a fim de impedir o aumento das ocorrências da Covid-19 na cidade.

”Tenho tomado todas as medidas para dar prosseguimento no combate à Covid-19 de forma responsável. Todos sabem a enorme preocupação que tenho com a saúde do povo manauara e vou enfrentar à altura os desafios trazidos por essa doença para a nossa cidade. Os novos profissionais mostram a continuidade da nossa preocupação, eles serão um reforço essencial para que a cidade não caia na chamada segunda onda do novo coronavírus, maximizando a agilidade e eficiência de resposta das UBSs, em um momento de crescimento da demanda. Nós lutamos desde o começo e vamos lutar até o final”, afirmou o prefeito Arthur Neto.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, por sua vez, ressaltou a importância do engajamento da população no esforço de prevenção, para que as unidades possam se concentrar nos casos já existentes. “Nunca é demais reiterar o quanto é importante que a população de Manaus nos apoie nesse processo, que tente ficar em casa o máximo possível, que só saia se for estritamente necessário, e que mantenha as medidas preventivas, como o uso de máscaras, a higienização constante das mãos e o distanciamento social, para que os casos da Covid-19 possam diminuir, e não tenhamos uma sobrecarga das unidades de saúde municipais”, contou Magaldi.

A convocação dos 46 enfermeiros e 60 técnicos em enfermagem está dentro da nova chamada do Cadastro de Reserva do Processo Seletivo Simplificado (PSS) n° 002/2017. Já os 30 técnicos em patologia clínica são do resultado do Edital de Chamamento Emergencial n° 002/2020. Os dez médicos clínicos gerais serão contratados por meio do Edital de Chamamento Emergencial n° 004/2020. O chamamento será publicado no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira, 8.

Com informações da assessoria