Manaus recebe festival de dança Break The Floor

Disputas de dança definirão os vencedores do festival, que irão concorrer em janeiro de 2018 no campeonato mundial, em Cannes, na França- foto: divulgação/Manauscult

A cultura hip-hop invade o Parque Ponte dos Bilhares nos próximos dias 21 e 22 de outubro, sexta e sábado, respectivamente, com a segunda edição do Festival ‘Break The Floor América Latina’, a partir das 15h. O evento é a versão regional do campeonato mundial de dança b-boying de mesmo nome, e é realizado pela Flip Produções.

Para os interessados em competir no festival, as inscrições podem ser feitas até o dia do evento, no site www.flipproducoes.com/breakthefloorbrasil, nos valores de R$ 50 para competidores individuais e R$ 400 para quartetos. Disputas de dança definirão os vencedores do festival, que irão concorrer em janeiro de 2018 no campeonato mundial, em Cannes, na França.

O festival tem como objetivo preparar os competidores da região, no âmbito nacional e internacional, por meio das atividades que envolvem a dança do b-boying. “É uma forma de ampliar as novas plateias, fortalecendo a imagem e diminuindo o preconceito sobre o hip-hop, envolvendo a cidade nessa cultura e levando-a para mais perto da população”, destacou o organizador do evento, Felipe Garcia.

Breakdance

Breakdance, também conhecido como breaking ou b-boying, é um estilo de dança de rua, parte da cultura hip-hop desenvolvido na cena de Nova York, nos Estados Unidos, entre a comunidade afro-americana e latina. A princípio, o breakdance era utilizado como manifestação popular e alternativa de jovens para não entrarem em gangues de rua, que tomavam a cidade em meados da década de 1970. Atualmente, o breakdance é utilizado como meio de recreação ou competição no mundo inteiro.

O Festival Internacional Break The Floor acontece em Cannes, na França, no Palais des Festivals, local conhecido por ser destino turístico e palco de grandes festivais internacionais, como de cinema e de publicidade. A próxima edição deve ocorrer em janeiro de 2018.

Com informações da assessoria