Política

Marcelo Ramos pede ‘licença’ a partido para não apoiar Bolsonaro

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Crítico do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), pediu uma espécie de “licença” a seu partido para não apoiar o capitão na eleição de 2022. Isso porque o presidente da legenda, Valdemar Costa Neto, convidou Bolsonaro a se filiar ao PL .

O presidente da República está sem partido desde que rompeu com o PSL, mas vai precisar de uma nova sigla para se candidatar à reeleição.

Segundo a coluna de Igor Gadelha, no portal Metrópoles, Ramos deixou claro a Valdemar que se opõe à filiação do presidente da República. Desse modo, ele condicionou sua própria permanência no partido ao direito de continuar fazendo críticas a Bolsonaro.

As informações são do IG