Política

Marcelo Ramos reafirma compromisso de reduzir impostos

A declaração ocorreu na manhã desta segunda-feira (24), nas visitas às fábricas Mondial (Zona Norte) e Tutiplast (Zona Oeste).
Redação
Postado por Redação

O candidato a vice-governador pela coligação “União Pelo Amazonas”, Marcelo Ramos (PR), reafirmou o compromisso de redução dos impostos dos itens da cesta básica, da gasolina e do óleo diesel para devolver o poder de compra dos trabalhadores e fortalecer a economia do Amazonas. A declaração ocorreu na manhã desta segunda-feira (24), nas visitas às fábricas Mondial (Zona Norte) e Tutiplast (Zona Oeste).

“Em momento de crise não se aumenta imposto. Em momento de crise a gente reduz imposto e incentiva a produção da indústria para que as pessoas tenham emprego e possam ter dinheiro para comprar e fazer girar a economia do nosso estado. O imposto da cesta básica na época do Eduardo era 1% e eles aumentaram para 14%. Comida mais cara quer dizer que não sobra dinheiro para comprar o secador, o tablet, o DVD, fabricado pelas empresas. Vamos voltar o imposto da comida para 1% para que sobre dinheiro para as compras na manicure, no salão de beleza, no armarinho, no comércio do bairro”, declarou Marcelo Ramos.

Aos funcionários da Mondial, Marcelo Ramos, afirmou que no governo de Eduardo Braga as obras do Prosamim, dos Centros de Convivência e das Escolas de Tempo Integral serão retomadas na capital. “Essas obras são essenciais porque, além de dar à população mais conforto e segurança, aumenta os empregos na construção civil. O Amazonas vive uma grande recessão na construção civil e nós vamos garantir que isso acabe com o estimulo de novas obras”, disse Marcelo Ramos.

Marcelo pediu aos servidores da empresa Tutiplast um voto de confiança neste momento delicado vivido pelo Amazonas. “O período é curto, mas a crise é muito profunda. Diferente do que tentam fazer crer o candidato adversário, essas eleições não são simplórias: estamos vivendo o momento de mudar e tirar o Amazonas da crise. Serão os quinze meses mais importantes da história do nosso estado. O Amazonas tem jeito, e o jeito é 15”, afirmou Marcelo Ramos.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários


Deixe um comentário