Marquezine diz que governo Bolsonaro “age com descaso” e cobra medidas contra manchas de petróleo

Foto: Google

“Precisamos exigir que as autoridades tomem atitudes urgentes”, escreveu a atriz Bruna Marquezine que usou seu perfil no Instagram para criticar o governo de Jair Bolsonaro que, segundo ela, “age com descaso” e prefere “apontar dedos do que decretar estado de emergência” a buscar “ajuda de outros países”.

Indignada com o avanço do petróleo sobre as praias brasileiras, a atriz Bruna Marquezine usou seu perfil no Instagram para criticar o governo de Jair Bolsonaro e cobrar por medidas mais efetivas para conter as manchas de óleo que tomam contas das praias.

“Precisamos exigir que as autoridades tomem atitudes urgentes. O governo e os órgãos competentes, assim como instituições especializadas, que dispõe de capital humano e da tecnologia de ponta, dos equipamentos técnicos e do conhecimento necessário, precisam atuar imediatamente para conter o avanço do petróleo e tomar toda e qualquer providência para minimizar os dados causados ao nosso ecossistema, já que não é possível reverter totalmente os impactos do derramamento”, escreveu a atriz.

Bruna destaca inércia do governo vai gerar um dano ao meio ambiente que poderá levar décadas para se recuperar.

“Pra você que ainda escolhe ter uma postura tola, 100% política e partidária, radical e infantil diante de uma calamidade destas, saiba que a contaminação do petróleo não fica apenas na superfície. Parte do petróleo se dissolve na água, assim contaminando os animais marinhos podendo contaminar toda a cadeia alimentar da qual nós fazemos parte”, lembrou a atriz, enfatizando que os governos estaduais e municipais não têm “preparo e estrutura” para lidar com o vazamento do óleo, enquanto que o governo Bolsonaro “age com descaso” e prefere “apontar dedos do que decretar estado de emergência” a buscar “ajuda de outros países”, disse ela em referência a decisão do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, que foi criticado por Jair Bolsonaro nas redes sociais.

“Ao povo nordestino e a todos os voluntários, a minha eterna gratidão. O mundo está vendo que vocês estão limpando o óleo do nosso mar no braço. Obrigada. Eu, do fundo do meu coração, queria poder estar aí, fisicamente, me sentindo mais útil nessa luta. Por último, por favor, tomem os cuidados necessários para preservar a saúde e continuem documentando tudo que está acontecendo e o quanto o nosso meio ambiente, vocês e consequentemente todos nós estamos sendo afetados”, agradeceu Bruna.

Fonte: Brasil 247