Cidades Saúde

Maternidade municipal adere a projeto que vincula nascimento de crianças ao plantio de mudas

A meta é que no primeiro ano do projeto dez mil mudas de árvores sejam plantadas- foto: José Nildo
Redação
Postado por Redação

A Maternidade Municipal Moura Tapajóz, vinculada a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), passou a integrar, a partir desta quinta-feira (13) a rede de instituições do projeto “Sementes da Vida”, iniciativa da Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Amazonas (CGJ/AM), que vincula o nascimento de cada criança ao plantio de mudas de árvores.

Segundo o secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi Alves, com esse projeto socioambiental cria-se importante ferramenta de incentivo aos cuidados com o meio ambiente e da relação entre os nascidos e a cultura da preservação. A meta é que no primeiro ano do projeto dez mil mudas de árvores sejam plantadas.

Na ocasião, os representantes dos órgãos envolvidos na implantação do projeto assinaram termo de cooperação técnica. A primeira árvore plantada foi em homenagem ao nascimento de uma menina, Antonella Safira da Silva e Silva. Outras mudas também foram plantadas pelos representantes dos órgãos envolvidos no projeto, em frente à Maternidade Moura Tapajóz, para marcar o começo das atividades do “Sementes da Vida”.

Segundo o corregedor de justiça do Amazonas, Desembargador Aristóteles Thury, o projeto nasceu com o objetivo de realizar uma grande revolução ambiental, na medida em que o número de nascimentos em Manaus é grande e, paralelamente a isso, vai ser convertido em árvores plantadas e cuidadas.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários

Deixe um comentário