Média mensal de casamentos despenca em 33% e divórcios crescem

Foto: Divulgação

Além de influenciar as crises sanitária e econômica, a pandemia de coronavírus também se tornou o pilar de atritos matrimoniais. O número de casamentos registrados em cartórios do país despencou 33,3% neste ano, de janeiro a agosto, com uma média de 48.969 registros por mês. No ano passado, a quantia de matrimônios formalizados mensalmente chegou a 73.393, no mesmo período. A soma de divórcios também subiu.

De acordo com Andrey Guimarães Duarte, diretor do Colégio Notarial Do Brasil, o número de casamentos diminuiu nos primeiros meses da pandemia por causa das readequações impostas aos cartórios devido à Covid-19. “Houve, no começo da pandemia, uma queda abrupta por causa do trabalho dos cartórios que precisaram se readequar, colocar agendamento, espaçamento entre uma cerimônia e outra”, explicou.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.